Sucesso absoluto o Seminário!

Mais de 100 pessoas participaram do SEMINÁRIO JUDICIÁRIO E IGUALDADE RACIAL realizado nesta terça-feira no Palácio da Justiça, em Porto Alegre.  Com os painelistas, refletiram sobre as desigualdades sociais e as ocorrências de comportamento racista no Brasil. Veja algumas fotos. 

           

Inscrições para o Seminário podem ser realizadas no local

Auditório do Palácio da Justiça
Auditório do Palácio da Justiça

Caso o interessado não tenha acesso à inscrição via internet por meio deste blog, ou não tenha certeza de que poderá comparecer, a inscrição poderá ser feita no próprio local do evento – sexto andar do Palácio da Justiça, em Porto Alegre.

Já há na véspera do encontro mais de 110 inscritos. A organização solicita que os interessados cheguem antes das 9h30min, horário marcado para o início das atividades, para que possam preencher  a folha de presenças.

Os certificados serão fornecidos pela Pró-Reitoria de Extensão da UFRGS após aproximadamente um mês da data do evento.

Mais de 80 inscritos no Seminário

IMG_2170Ao final da tarde desta sexta-feira (29/5) há mais de 80 inscritos no Seminário ´Judiciário e Igualdade Racial´.

As inscrições continuam abertas.

A organização pede que todos compareçam ao local do evento com pelo menos 15 minutos de antecedência para não haver prejuízo ao início dos trabalhos na terça-feira, 2 de junho.

Os trabalhos relativos ao primeiro painel, sobre ´O Protagonismo Negro na Construção da Justiça´ deverá iniciar às 9h30min.

ProgramaçãoInscrições Contatos com os Organizadores – 
Quem são os painelistas

A caminho de uma sociedade igualitária !

Três instituições promovem o Seminário JUDICIÁRIO E IGUALDADE RACIAL neste próximo mês de junho em Porto Alegre. Todas as atividades serão absolutamente públicas e gratuitas para quem quiser ouvir e conversar sobre a situação dos negros em nossa sociedade.

O Memorial do Judiciário tem o objetivo de contribuir para a reflexão sobre o papel do Judiciário para a construção de uma sociedade igualitária. Estão no mesmo caminho o Departamento de Educação e Desenvolvimento Social da Pró-Reitoria de Extensão da UFRGS e a Rede Afro-gaúcha de Profissionais do Direito.

Os dois painéis programados, com especialistas nas questões a serem abordadas, trarão aos participantes a oportunidade de debater os avanços e recuos da legislação e também de historiar fatos relacionados com a vivência de afrodescendentes na Justiça, como Magistrados ou como servidores e mesmo como autores de ações judiciais ou réus.